O plano, porém, é extremamente ambicioso: cada “ponte aérea” do mundo pode ser substituída por uma coisa dessas

Essa foi a primeira entrega usando a tecnologia de autonomia da Otto, uma companhia que ela comprou por US$ 680 milhões

A Y Combinator fez uma conversa com ele para a série de conversas "How to Build The Future", onde ele fala sobre suas iniciativas

Belo exemplo: colaboradores se desligaram de suas funções durante um dia para desenvolver suas próprias ideias e projetos

Para fazer o iPhone melhor, concluíram, era melhor que o espaço do fone de ouvido fosse melhor aproveitado pelos engenheiros

A empresa, fundada por Julia Collins, tem uma visão estilo Elon Musk em relação a pizza

O campus espaço-nave está quase pronto, dê uma olhada em como ele está ficando

Você ainda acha que precisa de televisão em casa? Imagina quando o futebol começar a ser transmitido no Facebook