Nvidia e Komatsu se juntam para tornar construção civil mais segura

A plataforma Jetson AI da empresa do Vale do Silício – normalmente usada para drones e robôs -, servirá como cérebro da maquinaria pesada de locais de construção

Lucas Bicudo é repórter do Portal StartSe.

22 de dezembro de 2017

A japonesa Komatsu trabalhará com a Nvidia no uso de Inteligência Artificial para tornar locais de construção mais seguros. A plataforma Jetson AI da empresa do Vale do Silício – normalmente usada para drones e robôs -, servirá como cérebro da maquinaria pesada do ambiente.

“Inteligência Artificial já é uma realidade em quase todas as indústrias. Acreditamos que o próximo passo seja máquinas autônomas inteligentes”, disse o CEO da Nvidia, Jesen Huang, em um comunicado. “As máquinas serão capazes de detectar seu ambiente e estarão constantemente alertas, ajudando os operadores a trabalhar de forma mais eficiente e segura. As indústrias de construção e mineração se beneficiarão bastante com esses avanços”.

Gosta desse tipo de conteúdo? Em fevereiro, a StartSe fará a Construtech Conference, evento focado em ensinar como as startups e as novas tecnologias estão transformando a construção civil e o mercado imobiliário! As vagas são limitadas, então garanta já a sua: inscreva-se!

O setor é apenas mais um que a Nvidia se aproximou para usar IA para mudar a forma como funcionam suas operações. Exemplos são as parcerias com a GE Healthcare e a Nuance, na área de imagens médicas; Fanuc, no campo da robótica; e mais de 225 fabricantes de automóveis, startups e pesquisas – entre eles Audi, Tesla, Toyota e Volvo – para o desenvolvimento de carros autônomos.

Trabalhar em uma construção é perigoso, devido a equipamentos pesados, terreno irregular e atividade contínua. No ano passado, de acordo com a Japan Construction Occupational Safety and Health Association, o Japão registrou cerca de 300 mortes e mais de 15 mil acidentes. E olha que esse setor sofre com escassez de mão-de-obra, por conta ao envelhecimento da população do país. Dos 3,4 milhões de trabalhadores qualificados na indústria interna (a partir de 2014), cerca de 1,1 milhão, ou um terço, provavelmente deixarão seus cargos na próxima década (dados da Japan Federation Of Construction Contractors).

Para ajudar a resolver esses problemas, a Komatsu começou em 2015 sua iniciativa de “construção inteligente”, conectando dados relacionados a trabalhadores locais e objetos para tornar ambientes de trabalho mais seguros e produtivos. O projeto foi introduzido em mais de 4 mil locais de construção em todo o país, com planos de expansão interna e internacional.

“Ao trabalhar com a experiência da Nvidia em processamento de imagens, virtualização e Inteligência Artificial, seremos capazes de transformar as áreas de construção em locais de trabalho do futuro”, disse Yuichi Iwamoto, diretor executivo e diretor de tecnologia da Komatsu.

A empresa usará a Nvidia para criar projeções em 3D de sites de construção, mostrando a interação em tempo real de pessoas, máquinas e objetos. As GPUs se comunicarão com drones e câmeras, atuando como uma plataforma de IA para análise e visualização.

A SkyCatch fornecerá drones para reunir e mapear imagens do terreno; a Optim, uma empresa de software de gerenciamento de internet, fornecerá uma aplicação para identificar pessoas e maquinários coletados de câmeras de vigilância. Ambos os parceiros da Komatsu também são membros do programa Inception da Nvidia.

(via Venture Beat)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Receba as novidades mais quentes da Tecnologia no mundo em seu e-mail.

Compartilhe:
Classifique: