Conheça a Seeed, uma empresa facilitadora de hardware de IoT na China

A Seeed está localizada em Shenzhen, a capital do hardware e conta com filiais nos EUA e no Japão

Isabella Câmara é repórter do StartSe.

23 de abril de 2018

Desde 1978, foram estabelecidas diversas zonas econômicas especiais na China: a primeira foi na cidade de Shenzhen, onde atualmente está localizado um dos principais polos de inovação e startups do mundo. O crescimento da cidade desde a década de 1980 até hoje é impressionante – seu PIB cresceu em uma média anual de 22% e, em 2016, era de US$ 284 bilhões. Uma boa parte dele, cerca de 4%, era investido em pesquisas e desenvolvimento. Shenzhen é globalmente conhecida por ser a capital mundial de startups que envolvem hardware em seus produtos.

Acima, uma lista produzida pela CBInsights de empresas de hardware que levantaram milhões de dólares, e mesmo assim ou fracassaram ou venderam seus ativos. A Seeed existe para ajudar empreendedores com soluções em Hardware terem sucesso

Acima, uma lista produzida pela CBInsights de empresas de hardware que levantaram  milhões de dólares, e mesmo assim ou fracassaram ou venderam seus ativos.

Os incentivos do governo de Shenzhen, que representam o dobro da média do continente, deram resultado. Hoje, onde quer que você olhe, há um empreendimento. Como a Seeed, uma empresa facilitadora de hardware de IoT que fornece serviços que capacitam fabricantes a realizar projetos e produtos inovadores. Ou seja, o objetivo da Seeed é ajudar empreendedores com soluções em hardware terem sucesso. Atualmente, a empresa atende o mercado global a partir de sua sede em Shenzhen, na China, e conta com filiais nos EUA e no Japão.

Em parceira com provedores de tecnologia de hardware para nuvem, a empresa oferece uma ampla variedade de plataformas e módulos de sensores prontos para serem integrados a plataformas de IoT existentes. Com a extensa e flexível cadeia de suprimentos de Shenzhen, a Seeed também oferece serviços de customização e manufatura ágil, variando de uma única unidade até mais de 10.000. É isso mesmo, você pode contratar a fábrica moderna da Seeed para fazer apenas 10 ou 100 cópias do seu produto! Dessa forma, pode testá-lo e verificar a necessidade de ajustes antes de começar a produzi-lo em larga escala.

De acordo com a empresa, a intenção da Seeed é se tornar a plataforma mais integrada para tecnólogos criativos do mundo. Para isso, a companhia ajuda a transformar ideais em produtos concretos e fornece tecnologia aberta e fabricação ágil em Shenzhen, a capital do hardware.

Seeed for Earth 2018

Pensando em ajudar o maior número de pessoas possível, a Seeed está convocando ideias e projetos inovadores, dedicados a proteger o meio ambiente, para participar da Seeed for Earth 2018. A campanha, co-organizada pela Seeed e pela Hackster, visa incentivar as pessoas a criar projetos que solucionem problemas reais e, ao mesmo tempo, despertar a consciência da comunidade para o problema ambiental.

Os projetos poderão abordar os mais diversos temas – desde clima, água e energia até alimentos e outras áreas de proteção ambiental. As inscrições, que terminam no dia 20 de maio, serão julgadas com base na criatividade e integridade.

O melhor projeto será premiado com hospedagem e passagem de ida e volta de sua cidade para Shenzhen durante a Maker Faire Shenzhen e a Seeed Conference. Além disso, os donos dos projetos que ficarem em 2º, 3º, 4º e 5º lugar ganharão uma Alexa Echo, fornecida pela Hackster.

A Seeed está inserida no segundo maior mercado do mundo e na capital do hardware: Shenzhen, na China. Saiba mais sobre o ecossistema chinês no nosso e-book gratuito.

Receba as novidades mais quentes da Tecnologia no mundo em seu e-mail.

Compartilhe:
Classifique: