LawTech Conference: as tecnologias que vão transformar o judiciário

Como as startups estão transformando o universo jurídico no Brasil e no mundo

Especialista em startups e co-fundador do StartSe, maior ecossistema de startups do Brasil

29 de agosto de 2017

Somos o país com mais advogados no mundo, com 1 milhão de profissionais. Nosso Judiciário acumula mais de 75 milhões de processos pendentes de análise. Por outro lado, robôs-advogados surgem pelo mundo todo. Qual será o futuro do judiciário?

Para responder a essa pergunta, o StartSe lança o LawTech Conference, maior conferência sobre startups da área jurídica já feita no Brasil. O evento acontecerá no dia 10 de outubro, em São Paulo, e deve reunir quase 1 mil pessoas.

O programa do LawTech Conference busca trazer perspectivas de todo o universo jurídico, que inclui empreendedores de startups em diversos estágios, corporações estabelecidas, fundos de investimentos, advogados, profissionais do judiciário, estudantes e pessoas apaixonadas pelo assunto.

No ano passado, por exemplo, foi lançado o primeiro robô-advogado do mundo. Suportado por inteligência artificial, ele consulta 200 milhões de páginas em segundos. O banco J.P. Morgan economizou 360 mil horas dos seus advogados usando robôs para revisar acordos de empréstimo. A revolução chegou à Advocacia.

Para conhecer as principais startups do mercado jurídico e entender como empresas e escritórios estão se aproveitando disso, clique aqui e garanta já sua vaga.

Compartilhe:
Classifique: