Setor de transportes: uma das maiores oportunidades para o Brasil

Parece problema, mas, na verdade, é uma grande oportunidade: startups podem surgir e melhorar e muito a questão logística no País

Felipe Moreno é editor-chefe do StartSe e fundador da startup Middi, era editor no InfoMoney antes

19 de julho de 2017

O Brasil é um dos países com frete mais caro do mundo. Além de dimensões continentais, contamos com um sistema logístico muito menos eficiente de que outros países com esse mesmo “problema” que o nosso, como os Estados Unidos e a China.

Parece problema, mas, na verdade, é uma grande oportunidade: startups podem surgir e melhorar e muito a questão logística no País. E para isso, elas podem contar com a ajuda de uma grande empresa, que está buscando parcerias com startups: a Tegma.

Através da TegUp Ventures, eles estão selecionando startups que possam colaborar com ela. São startups que já tenham seus negócios mais avançados, com alguns clientes, com algum faturamento e que possa provar que a solução funciona. Você pode se inscrever aqui.

Eles procuram startups nas seguintes áreas:

TRANSPORTE DE CARGAS

TMS
Roteirização e Otimização de Cargas
Gestão de Fretes
POD (Prova da Entrega)
Rastreamento de entregas
Meios de Pagamento eletrônico
Plataformas de Contratação
Gestão de Retornáveis e Logística Reversa
Monitoramento de Frotas e Cargas

PÁTIOS E ARMAZÉNS

WMS
Gestão de Pátios, Rampas e Docas
Agenda de Carga e Descarga
Registros de Avarias
Conferências Automatizadas
Automação de Picking

AUTOMAÇÃO DE ATENDIMENTO

Plataforma de SAC
Chat e ChatBot
Click to Talk
Autoatendimento
Inteligência artificial

GESTÃO DE FROTAS PROFISSIONAIS

Gestão de Frotas
Redução de Custos Logísticos
Dirigibilidade
Redução de Acidentes
Telemetria e Localização de Veículos

TECNOLOGIA PARA LOGÍSTICA

Ruas e Estradas Inteligentes
Internet das Coisas
Gestão de Ativos Móveis
Mobilidade
Impressão 3D
Plataformas de Integração
Big Data
BlockChain

E-COMMERCE

Plataforma de e-Commerce
Add-ons para e-Commerce

Para se inscrever, clique aqui.

Compartilhe:
Classifique: