Como incentivar o ensino de empreendedorismo e investimento anjo no país

Ter a experiência prática do que funciona e do não funciona é essencial para que os alunos possam compreender e se preparar para o mercado de trabalho

A Anjos do Brasil é uma organização sem fins lucrativos de fomento ao investimento anjo para apoio ao empreendedorismo de inovação brasileiro. Atua compartilhando conhecimentos, experiências e oportunidades de negócios para investidores anjo e empreendedores.

17 de abril de 2017

Especialistas do ecossistema de investimento anjo e empreendedorismo sempre comentam que falta estímulo à educação desses setores no país e foi exatamente esse tema que abordamos em uma das palestras na Conferência Nacional da Anjos do Brasil.

Alan Leite, da Startup Farm, participou do debate e pontuou que precisamos incentivar e implantar o alto nível de educação nas universidades, com aulas de qualidade e professores experientes, que conheçam também o mercado e não apenas a vida acadêmica.

Ter a experiência prática do que funciona e do não funciona é essencial para que os alunos possam compreender e se preparar para o mercado de trabalho. Diante de tanta inovação e possibilidades de criação de startups, que trazem soluções para o nosso dia a dia, se torna necessário apresentar os dilemas vividos durante o processo de construção de uma empresa. O empreendedorismo e o investimento anjo na prática devem ser temas centrais nas discussões em sala.

Outro ponto destacado por Alan Leite foi a necessidade de incentivo de pesquisas tecnológicas. Israel, por exemplo, fomentou o empreendedorismo e as inovações tecnológicas como uma saída para o seu desenvolvimento e hoje é considerado o 5º país mais inovador do mundo!

Mesmo diante desse modelo de incentivo, precisamos compreender que não adianta replicar o que foi feito no exterior, pois cada país possui suas características particulares com incentivos específicos e, principalmente, que atendam as necessidades de cada mercado. Um exemplo para o nosso país é o mercado Agritech – união do agronegócio com tecnologia – no qual o Brasil tem alto potencial. Dessa forma, seria preciso incentivar ainda mais esse setor. Nós já falamos especificamente sobre Agritech em outro texto, clique aqui para acessar.

E com o intuito de agregar valor à educação no país, a Anjos do Brasil criou a Master Class de Investimento Anjo EAD – Educação à Distância – que aborda o ecossistema do investimento no país.

O curso é introdutório, dinâmico e conta com diversos módulos de depoimentos de investidores reais como Marcelo Nakagawa, João Kepler, Marco Poli e Julio Marques, que dão várias dicas sobre o tema!

Em um dos módulos da EAD, Marcelo Nakagawa lista o que fazer e o que não fazer no investimento anjo e os pontos que são extremamente importantes para quem quer se tornar investidor anjo.

Além de uma conversa sobre o case da “33e34”, em que Tania Luz, fundadora da empresa, fala como foi o processo de formação do negócio e a sua relação com os investidores anjo.

Há também a indicação de 22 textos complementares às aulas e livros sobre os respectivos temas. É possível fazer sua inscrição clicando aqui.

Apesar do incentivo à educação ainda ser um desafio, é perfeitamente possível superá-lo por meio da ampliação de cursos e palestras sobre esse assunto.

Por isso, vamos continuar criando cursos como o novo EAD sobre Questões Legais e Jurídicas do Investimento Anjo. Fique ligado que já já divulgamos a data de lançamento do novo curso! Para isso, nos acompanhe no Facebook e Twitter: @AnjosdoBrasil.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: