São Paulo planeja estar entre os 10 polos de inovação do mundo, diz Dória

Prefeitura de SP selecionará 50 startups para o programa de mentorias SP Stars 2017; cidade quer trazer emprego e desenvolvimento

Felipe Moreno é editor-chefe do StartSe e fundador da startup Middi, era editor no InfoMoney antes

20 de janeiro de 2017

O empreendedorismo é essencial para qualquer cidade obter crescimento econômico vigoroso que permita que a população ter uma boa condição de vida. E é essencial que governos ajudem nestas trajetórias – ou, pelo menos, não atrapalhem. Empreendedorismo é renda e emprego.

O governo municipal de São Paulo entende isso e vem ajudando o ecossistema de startups da cidade. Embora gestões anteriores tenham feito boas medidas, a expectativa do mercado  é que isso vá ainda mais para frente no governo do tucano João Dória, ele mesmo um empreendedor. “Queremos apoiar a formação de uma nova geração de empreendedores de alto impacto, que vai trazer mais empregos e inovação para a cidade”, afirma o prefeito.

Para tal, o programa SP Stars vai ganhar um novo formato em 2017. Nesta reformulação, o programa de mentorias para startups da Prefeitura de São Paulo agora selecionará 50 empreendedores para participar de seis edições mensais em 2017 e eles receberão o acompanhamento de sua evolução durante o período. Cada um deverá receber até 24 mentorias presenciais e individuais.

São mais de 200 especialistas voluntários, de grandes empresas e grandes startups, como Spotify, Amazon, Google, Twitter, Movile, Nubank, Buscapé, GetNinjas, VivaReal, BankFácil, Kekanto, Easy Taxi, Loggi, IBM, Guia Bolso, dentre outros. Tudo para fazer com que São Paulo continue avançando para se tornar um grande polo de inovação mundial. “Já somos o principal polo de startups do Brasil e estamos caminhando para estar entre os 10 principais hubs de inovação do mundo”, afirmou o Prefeito de São Paulo, João Dória.

Quem receber as mentorias falará com grandes nomes do ecossistema, como investidores, aceleradoras, fundadores de startup e outros especialistas. O programa também prevê workshops temáticos do SP Stars Academy, além de sessões de mentoria coletiva facilitadas por parceiros do ecossistema, divulgação das soluções, acesso a Rede SP Stars, descontos e benefícios oferecidos por parceiros do Programa.

O programa existe desde 2015, recebendo desde então cerca de mil inscrições e atendendo mais de 350 startups, com mais de mil sessões de mentoria realizadas. E vem servindo de inspiração ao redor do Brasil, inclusive com uma parceria, ainda em 2016, entre a Prefeitura de São Paulo e o Governo do Estado do Mato Grosso permitiu que a iniciativa fosse replicada para beneficiar empreendedores do Estado, por meio do MT Stars, programa que tem apoiado diversas startups na região Centro Oeste.

As inscrições para o SP Stars estão abertas até o dia 31 de janeiro no site do programa. A mentorias acontecem a partir de fevereiro, sendo a primeira edição no Campus SP, do Google, e as demais na Oxigênio Aceleradora, CUBO, Escola de Negócios SEBRAE, dentre outros tantos hubs de inovação na cidade de São Paulo.

São Paulo é de longe o ambiente empreendedor mais maduro do Brasil. E é nesta cidade que promovemos o Accelerator Day, um evento exclusivo para ajudar empreendedores que querem acelerar suas caminhadas. Grandes nomes do mercado passam sua experiência em uma maratona de conversas. Também é útil para quem ainda não tem uma startup, mas planeja ter.

E temos também o curso online chamado Startup de A à Z, que ajuda empreendedores a construírem negócios campeões. Ele te ajuda a colocar em funcionamento o seu negócio, te ajuda a evitar as principais dores que podem DESTRUIR startups em seus primeiros meses e anos de funcionamento. Bem completo.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: