Estudante cria sutiã que detecta câncer de mama

Solução mostra como a tecnologia pode auxiliar no diagnóstico precoce de diversas doenças

Especialista em startups e co-fundador do StartSe, maior ecossistema de startups do Brasil

19 de maio de 2017

Um jovem mexicano, de 18 anos, venceu o Prêmio Global de Estudante Empreendedor com um projeto fantástico: um sutiã, equipado com biosensores, que detecta câncer de mama.

A motivação de Julian Rios Cantu surgiu depois de vivenciar a luta da sua mãe contra um câncer, o que levou à remoção de seus seios.

Equipado com 200 biosensores, o sutiã mapeia a superfície da mama e monitora mudanças de formato, temperatura e peso.

A tecnologia vem transformando a medicina e algumas das empresas mais inovadoras nessa área estarão no Health Tech Conference, que será realizado em São Paulo, no dia 29 de junho. Saiba como participar.

De acordo com Cantu, os biosensores são capazes de determinar a condutividade térmica por zonas específicas. Em alguns casos, o calor pode indicar mais fluxo sanguíneo, o que, portanto, indica que os vasos sanguíneos estão “alimentando” algo — tipicamente algum tipo de câncer.

Chamado de EVA, o sutiã precisa ser usado apenas 1 hora por semana para tentar identificar as alterações que podem indicar um diagnóstico de câncer. Todos os dados coletados pelo equipamento são enviados para um dispositivo, que faz a análise.

Muitas tecnologias estão transformando a medicina, seja na área de cirurgia, diagnóstico ou qualidade de vida. E as principais inovações estarão no evento Health Tech Conference, que vai reunir centenas de profissionais, hospitais, clínicas e indústria farmacêutica.

Saiba mais em https://eventos.startse.com.br/healthtech/.

Compartilhe:
Classifique: