“Dia do Solteiro” chinês vende o dobro da Black Friday

Evento reúne cerca de 100 mil lojas e processa, ao todo, 657 milhões de pedidos

Especialista em startups e co-fundador do StartSe, maior ecossistema de startups do Brasil

13 de novembro de 2017

O “Dia do Solteiro” – ou apenas 11/11 – é uma dada criada pelo gruo chinês Alibaba, com o objetivo de fazer um grande número de vendas em um só dia. É algo comparado com a nossa Black Friday, mas bem maior.

Para se ter uma ideia do volume de transações, em apenas 24 horas foram vendidos US$ 25 bilhões. As compras feitas nesse dia são 2,5 vezes maiores do que o total da “Black Friday” e do “Cyber Monday” juntos, quando o comércio nos Estados Unidos lança as suas promoções.

O “Dia do Solteiro” reúne cerca de 100 mil lojas e processa, ao todo, 657 milhões de pedidos. O vice-presidente do Alibaba, Joseph Tsai, disse que esse foi o dia mais importante do mundo para o comércio, em toda a história.

Esses números impressionantes mostram, na verdade, que a tecnologia conectada ao varejo é capaz de produzir muita riqueza. Por isso, organizamos a maior conferência sobre tecnologias para o varejo e e-commerce já feita no Brasil. As startups mais inovadoras do segmento vão apresentar suas tecnologias e propostas para cerca de 800 pessoas.

Para saber mais sobre a Retail Tech Conference, acesse o site oficial do programa.

Compartilhe:
Classifique: