Walmart afirma que vai comprar muitas startups

Empresa busca mercados de nicho e startups relacionadas a logística

Especialista em startups e co-fundador do StartSe, maior ecossistema de startups do Brasil

14 de novembro de 2017

O Walmart comprou diversas de startups ultimamente, e a empresa diz que seu apetite por novas aquisições continuará forte. No foco estão negócios relacionados a tecnologia, varejo e marcas digitais.

Uma das aquisições do Walmart que causou mais impacto foi a compra da Jet.com por US$ 3 bilhões. Desde então, comprou outras empresas como  ShoeBuy , Moosejaw , Bonobos , Parcel, Hayneedle e ModCloth .

“O posicionamento de nicho é melhor do que o varejo de massa”, afirma o Marc Lore, CEO do Walmart E-commerce nos EUA, indicando que tipo de negócios o Walmart está a procura.

Ainda segundo o CEO, a empresa está pronta para fazer entregas no mesmo dia em 87% do território americano. E pretende atingir a totalidade do país em pouco tempo. Também uma indicação de que negócios relacionados a logística estão no radar.

O StartSe convidou o Paulo Sérgio Silva, CEO do Walmart.com no Brasil, para falar sobre as estratégias da empresa durante a maior conferência sobre tecnologias para o varejo e e-commerce já feita no país. Além dele, diretores de empresas como Magazine Luiza, Óticas Carol e outras estarão debatendo sobre o tema e conhecendo as startups mais inovadoras do país.

Para saber mais sobre a Retail Tech Conference, acesse o site oficial do programa.

Compartilhe:
Classifique: