HyperLoopTT, transporte do futuro, chega ao país e inaugura centro de inovação

A empresa inaugurou o seu primeiro centro de pesquisa em logística do mundo em Contagem, Minas Gerais

Tainá é repórter da StartSe

9 de abril de 2018

A HyperLoop Transportation Technologies inaugurou nesta sexta-feira (06), na cidade de Contagem, em Minas Gerais, a criação do primeiro Centro Global de Inovação em Logística do mundo.

A HyperLoopTT é uma empresa inovadora que une transporte e tecnologia, buscando tornar o HyperLoop – o transporte de pessoas e cargas em cápsulas através de levitação magnética, em uma velocidade próxima à do som – uma realidade. A startup é um dos maiores cases de crowdsourcing do mundo, contando com 900 colaboradores de 7 continentes, e está apostando na colaboração como uma chave para a realização de seus objetivos.

Por esse motivo, o Centro Global de Inovação da HyperLoopTT não será um centro de pesquisa e desenvolvimento comum: o espaço reunirá, além da divisão de pesquisas de logística da empresa, um laboratório de fabricação e players do ecossistema empreendedor como startups, cientistas, universidades e empresas líderes globais.

O Centro Global é o resultado de uma parceria público-privada entre a HyperLoop TT, o Estado de Minas Gerais e o Município de Contagem. O investimento foi de R$ 26 milhões.

O meio de transporte HyperLoop é apresentado como uma alternativa mais sustentável e rápida às soluções de mobilidade já existentes hoje. “Nós poderemos mover a cápsula (que transporta pessoas e cargas) de um ponto A para o B com uma velocidade similar à do som, usando uma fração de energia”, afirmou Bibop Gresta, presidente da HyperLoopTT, na apresentação do evento.

A primeira cápsula do HyperLoopTT está sendo construída na Espanha e o protótipo do transporte deverá ficar pronto até o final do ano em Toulouse, na França. No Brasil, o Centro Global de Inovação focará no transporte de carga e frete – o transporte de pessoas não será inicialmente estudado.

“O que achamos mais importante é a eficiência fenomenal do sistema – nós o construímos em pilares para causar impacto mínimo no terreno e usamos energia renováveis como cinética e geotérmica, nos países em que há disponível”, disse Gresta. “Criamos, pela primeira vez, um transporte de longa distância que não causa subsídios para construir e não requer muita energia – a sustentabilidade é um imperativo para o nosso futuro”.

O HyperLoop, além de consumir pouca energia, é capaz de produzi-la. O transporte também é silencioso, o que o torna mais versátil para ser implantado em grandes cidades ou rodovias. A estimativa é que o HyperLoop realize viagens entre São Paulo e Rio de Janeiro na média de 25 minutos.

O investimento é alto: Bibop Gresta estima que o custo por quilômetro na construção do HyperLoop seja de US$ 20 milhões a US$ 40 milhões, dependendo das condições da área de construção.

O Estado de Minas Gerais foi escolhido por ter um dos maiores centros de distribuição de carga do país, ponto em que a HyperLoopTT está focando atualmente. “Com uma posição geográfica estratégica, uma alta concentração de grandes indústrias, e uma dedicação à inovação, é o local ideal para o Centro Global de Inovação em Logística para a HyperLoopTT”, comentou o presidente.

“Esperamos que Contagem se transforme em uma área de tecnologia para esse novo momento da indústria e que, junto com a evolução e desenvolvimento econômico, a gente possa melhorar a educação e o nosso conhecimento. A expectativa é a melhor possível e a parceria até aqui tem sido maravilhosa”, afirmou Alex de Freitas, prefeito de Contagem.

Centro Global de Inovação em Logística da HyperloopTT em Contagem, Minas Gerais

A cidade foi escolhida pela empresa de mobilidade para buscar conhecimento. “Amanhã o mundo acordada e saberá quem é Minas Gerais. Estamos aqui para fazer pesquisas, desenvolver logística e ao mesmo tempo estamos olhando para a cidade”, disse Bibop. “O Brasil tem uma falha em infraestrutura, se me permitem dizer, e, para mim, é muito importante sair da mimética da crise. A mensagem que trazemos é que em toda crise tem uma oportunidade, e queremos trazer o Brasil para o centro da inovação do mundo”.

A empresa pretende não apenas realizar pesquisas, mas estimular e acelerar o crescimento do ecossistema de inovação do Brasil, com foco em Minas Gerais. “Não estamos criando mais uma empresa, estamos criando um movimento. Dessa vez, nós brasileiros não seremos mais espectadores de um futuro inovador, porque esse futuro está sendo criado aqui”, afirmou Rodrigo Sá, diretor global de desenvolvimento de negócios da HyperloopTT no Brasil.

HyperLoop Academy

Além do Centro Global de Inovação, a HyperLoopTT está inaugurando a HyperLoop Academy, uma academia que une universidades, empresas, estudantes e startups para a realização de pesquisas, trazendo à tona o conceito de crowdsourcing da empresa.

“A HyperLoop Academy é uma academia de grandes mentes que podem mudar o mundo”, comentou Yvonne Cagle, astronauta da NASA e embaixadora da HyperLoop Academy. em breve a novidade será lançada em outros locais do mundo. “O céu não tem limites para inovação e o céu não é mais o limite para inovação”, finalizou.

Receba as novidades mais quentes da Tecnologia no mundo em seu e-mail.

Compartilhe:
Classifique: