Não acredita em carro sem motorista? Assista um andar pela cidade de São Francisco

Grandes companhias precisam buscar a inovação em startups para continuarem competitivas e não terem o destino de outras companhias grandes que tentaram e morreram

saofrancisco

Felipe Moreno é editor-chefe do StartSe e fundador da startup Middi, era editor no InfoMoney antes

19 de abril de 2017

Muita gente tem medo do dia em que os carros autônomos tomarem a rua das cidades. Acho compreensível: acostumados com a conexão ruim das redes brasileiras e a qualidade das rodovias, tem muita gente que tem medo de ficar na mão se o carro se dirigir sozinho e acabar se envolvendo em um acidente.

Mas os sistemas das montadoras são pensados para aguentar isso. Há muito trabalho, estudo, teste por trás do desenvolvimento dos carros autônomos. Principalmente para grandes empresas que possuem muito a perder. É o caso da GM, que há algum tempo atrás comprou a startup Cruise, do Vale do Silício, para desenvolver esta tecnologia para ela.

É um caso interessante. Grandes companhias precisam buscar a inovação em startups para continuarem competitivas e não terem o destino de outras companhias grandes que tentaram e morreram. E é o Vale do Silício o grande celeiro de inovação que existe no mundo.

Temos aqui no StartSe dois e-books interessantes que podem te ajudar:

– Se você é interessado no que cria inovação, leia o “Conheça o Vale do Silício” e entenda o que fez dessa região tão sensacional

– E se você quiser trazer inovação para dentro da sua empresa, dê uma olhada no Como inovar em corporações. Sugiro também pensar em ir no Corporate Class, nosso evento sobre o assunto

Voltando ao assunto do texto. A própria Cruise, para demonstrar sua tecnologia, fez uma série de vídeos. Eu separei este aqui para você, que é o carro andando pelas ruas de São Francisco a noite sem NENHUM incidente. Veja como o carro autônomo é extremamente responsável, para longe dos carros que estão na sua frente e ainda faz todas as curvas corretamente.

Não mostra o mínimo de perigo e não avança em nada que não deveria avançar. A única surpresa é o Fusca acabadão que aparece no meio do vídeo….

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: