Nvidia desenvolverá tecnologia autônoma do A8 da Audi

O próximo A8 será o primeiro veículo de produção a ter uma autonomia de nível 3

Lucas Bicudo é repórter do Portal StartSe.

14 de julho de 2017

A Audi anunciou nesta terça-feira (11) que o próximo A8 será o primeiro veículo de produção a ter uma autonomia de nível 3.

Este é o primeiro nível em que as transições de controle podem ser mais relaxadas, permitindo que o motorista fique mais alheio ao processo de direção enquanto o carro está no controle. O veículo avisa quando é a hora de assumir o volante; de resto, é só estar lá. Não precisa estar 100% atento.

Para isso, a montadora usará a tecnologia da Nvidia. A próxima grande empresa do Vale do Silício estará por todo modelo – o carro possui seis processadores que ajudam seu sistema de infotainment, instrumentação de cabine virtual e tablets no encosto de cabeça para passageiros de que estão no banco de trás.

Montamos o e-book: “Conheça o Vale do Silício“, para te ajudar a entender como as coisas funcionam em um dos maiores centros de inovação do mundo.

Esse é um passo além de sistemas como o Tesla Auto Pilot, que é classificado como nível 2 e exige que um motorista esteja prestando atenção e pronto para retomar o controle em todos os momentos.

O processador da Nvidia é o “cérebro” do sistema zFAS da Audi, que é o computador que lida com a assistência do motorista a bordo do A8 e que tira dados do sensor do radar, ultra-som, câmera e scanner a laser. O zFAS decide como o automóvel se comporta diante das externalidades, processando dados a uma taxa de 2,5 bilhões de entradas por segundo.

(via TechCrunch)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: