Supermercado Now oferece serviços de compras completamente personalizados

O atendimento já está disponível em São Paulo, em bairros como Moema, Itaim, Vila Nova Conceição, Vila Olímpia e parte dos Jardins

Lucas Bicudo é repórter do Portal StartSe.

4 de março de 2016

Quem é de São Paulo sabe: 24 horas por dia não é o suficiente para conciliar trabalho, família, estudos e… compras. Os paulistanos podem até acordarem mais cedo, se planejarem com tarefas x, y e z, mas é só cair uma chuvinha que junto com a água, lá se vão os planos. Nem vamos tão longe, às vezes só a rotina maluca, junto com uma difícil mobilidade entre uma região e outra, pode atrapalhar muitos de seus planos.

É pensando nisso que o administrador de empresas Marco Zolet decidiu criar um serviço que facilitasse a vida de quem sofre com esses contratempos. Já que não era possível controlar o mau humor de todo mundo ao andar pelo trânsito, ou ao chegar em casa e ver algo que não compactua, que ele decidiu fazer de pelo menos uma das tarefas do dia-a-dia mais simples: supermercado.

Para aguentar essa rotina, de fato precisamos ter bastante energia – e energia só vem com uma geladeira cheia. “Cansei de sair do trabalho e ter que enfrentar trânsito, estacionamento e a fila do supermercado porque precisava abastecer a geladeira de casa”, relembra o empresário. “Ou de querer preparar uma receita para amigos e precisar correr no supermercado para comprar os ingredientes e chegar em tempo de fazer tudo”.

Por conta disso, Zolet se juntou ao sócio Diego Kawaoka Melo, engenheiro de Computação especializado em tecnologia de informação,  e deu início ao projeto do Supermercado Now. Trata-se de uma plataforma online que conecta diretamente os supermercados e hortifrutis ao consumidor, por meio de compradores especializados denominados “shoppers”.

“Os principais diferenciais do Supermercado Now são a rapidez na entrega e a personalização do serviço”, continua.

O Supermercado Now funciona como um site de compras, no qual o consumidor escolhe o estabelecimento de sua preferência, compara seus preços com outros supermercados, adiciona os produtos desejados ao carrinho, paga pelo próprio site e recebe os produtos na porta de casa. As entregas devem ser feitas em até 2 horas desde o momento que o pedido foi computado, ou em um horário previamente agendado.

Para viabilizar essa agilidade na operacionalização estratégica da marca, são acionados os shoppers geograficamente mais próximos. Conversamos com um deles para entender um pouco mais sobre o processo pelo qual seu trabalho é creditado. Carlos Fernando Munarolo, de 50 anos, é autônomo e vê na nova plataforma mais uma oportunidade de ganhar um dinheirinho durante o dia.

“É um trabalho tranquilo e gostoso de ser feito. Recebemos um pedido, vamos ao supermercado, compramos os produtos segundo as especificações do cliente e entregamos em sua casa. Me mantenho ocupado e consigo ganhar um dinheiro a mais. O pessoal do Supermercado Now também é muito bacana, eles aceitam muitas sugestões da gente que está toda hora na rua, facilitando a vida de todo mundo”.

Essa personalização do serviço dá a possibilidade de uma compra mais detalhada, com a escolha, por exemplo, de frutas mais maduras ou menos maduras, de cortes de carne que estiverem mais bonitos naquele dia, da troca de uma marca por outra.

“Queremos que o consumidor mantenha a mesma experiência de compra com a qual já está acostumado, mas sem estar presencialmente no mercado. Isso só é possível pois a nossa plataforma permite uma interação simples e direta com o shopper”, diz Zolet.

Ao ser mostradas as aspas do “chefe” e questionado sobre a adaptação ao novo modelo de negócios, Munarolo é firme na resposta: “Me sinto satisfeito por participar de um projeto inovador e que satisfaz as necessidades da maioria das pessoas, facilitando e proporcionado comodidade e tranquilidade. Para mim, que sou autônomo, cobre uma parte vazia do meu dia e me garante um dinheiro a mais no fim do mês. Ou seja, se olharmos para a situação em que o Marco consegue evoluir seu negócio, eu consigo ter condições financeiras melhores e o cliente sai satisfeito, não tem como errar”.

No primeiro mês de funcionamento, o Supermercado Now registrou 165 clientes cadastrados no site. O serviço é procurado tanto por homens, quanto por mulheres e, em grande parte, na faixa dos 25 a 44 anos.

O site conta com a parceria do Emporium São Paulo, mas já planeja negociar com outras grandes redes do varejo. “Para o varejista, a vantagem é ter um parceiro de confiança, com a possibilidade de entregar em até duas horas, sem fazer investimentos em um centro de distribuição ou estrutura logística. A estrutura da loja pode ser usada, aumentando as vendas”, afirma por fim.

Claro que estamos falando de uma startup e que ainda existe um belo caminho a se percorrer. Mas é inevitável que olhemos para um serviço desses e não nos animemos. O próprio shopper faz coro: “Estou ansioso para que o serviço fique cada vez mais conhecido e eu possa fazer ainda mais entregas e crescer com eles. Ainda não estamos em todos os bairros de SP (O serviço está disponível nos bairros de Moema, Itaim, Vila Nova Conceição, Vila Olímpia e Jardins), mas tenho amigos que já estão esperando nossa chegada para entrarem nessa também.”

Com o discurso de Carlos fica evidente que se trata de uma plataforma que beneficia tanto o seu empreendedor, quanto seu funcionário e, principalmente, o cliente. Há algumas maneiras de explorar o potencial da startup dizendo isso, mas foquemos agora na visão do shopper. Ao aplicar-se para a vaga, ele passa por um processo seletivo e depois ainda por um treinamento, de maneira que não entre ninguém despreparado para prover a melhor qualidade de serviço para o público.

“Fiz o preenchimento de uma ficha, enviei meu CV e passei referências profissionais e pessoais. Eles ligaram para fazer todas as confirmações, depois fui chamado para uma entrevista e finalmente o treinamento. É um treinamento básico que te faz entender todo o funcionamento da empresa, mas estamos em constante evolução, uma vez que eles sempre me passam algo novo que esteja alinhado com as eventuais necessidades do cliente”.

Compartilhe:
Classifique: