Conheça 20 fintechs reconhecidas pela Visa em 2017 no Brasil

Reunimos os programas da Visa no país e as fintechs selecionadas este ano para você conhecer as iniciativas

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da Let's Talk Payments, focada no mercado de fintechs no Brasil.

31 de agosto de 2017

Existem 703 fintechs na América Latina e Caribe, a maior parte delas (230) no Brasil, de acordo com estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Finnovista. Por isso, a Visa está de olho das iniciativas da região e mantém uma série de projetos que selecionam fintechs que possam ser interessantes ao seu negócio, com destaque para o Brasil.

O país sedia um dos oito centros de inovação da Visa no mundo e recebe os programas de aceleração Track Visa, Ahead Visa, além do Visa Everywhere Iniciative. Este último está em fase de semifinais acontecendo também no México, Argentina, Chile e Colômbia para disputar a final, em novembro, nos Estados Unidos.

Em toda a região, há três tendências que se sobressaem em serviços financeiros, de acordo com a vice-presidente de inovação da Visa para a América Latina e Caribe, Vanessa Meyer. “A primeira é relacionada à democratização da inovação. A internet e as plataformas abertas tornaram mais fácil aos desenvolvedores idealizar e aplicar novas soluções, por isso muitas soluções não vêm mais dos centros financeiros [globais]. A segunda tendência é sobre os consumidores, eles têm expectativas mais altas sobre a experiência. A terceira é a conexão por dispositivos móveis. Quando pensamos na proliferação de dispositivos móveis sabemos que, basicamente, todos eles têm a capacidade de se tornar um terminal ou dispositivo de pagamento.”

Para quem procura conhecer startups ou saber se elas são confiáveis, a chancela da Visa pode ser um bom indicativo. Abaixo, listamos os programas da Visa e as fintechs que participaram este ano.

Visa Everywhere Iniciative

“Mais de 250 startups se inscreveram e escolhemos dez por mercado (país) e estamos com cinco semifinais. Há duas semifinais em cada

Vanessa Meyer, VP de inovação América Latina e Caribe

mercado. Na primeira semana de novembro, em Miami, elas receberão mentorias e terão acesso aos especialistas da Visa para se prepararem para o pitch final, em 9 de novembro” explicou Vanessa. A semifinal brasileira será em 28 de setembro, e estão na disputa:

 

Adimplere – portal de renegociação de dívidas
Saffe – pagamentos por reconhecimento facial
Monkey – crédito para pequenas empresas
Triunfei – marketplace de opções de crédito
Planejei – gestão financeira
Vérios – robo-advisor
Poupa Certo – gestão financeira
Zaps Mobile (Go-Money) – câmbio de moedas e outros.
Quartilho – aplicações financeiras para empresas.
ZigPay – comanda virtual

Track Visa

Programa de aceleração da Visa em parceria com a Kyvo e a GSVLabs. As cinco fintechs abaixo foram selecionadas em abril entre cerca de 180 empreendedores cadastrados para um processo de aceleração de seis meses.

Beetech: oferece serviços como câmbio de moeda estrangeira e transferências internacionais online.

Dataholics: utiliza dados das redes sociais para avaliação de crédito.

Foxbit: líder em negociação de criptomoedas no Brasil.

NextOne: conecta imobiliárias e corretores às seguradoras.

Saffe

Ahead Visa

Programa de aceleração em parceria com a aceleradora StartupFarm e o Google for Entrepreneurs. Das sete selecionadas para aceleração, três foram escolhidas no demo day que aconteceu em 25 de agosto.

1º lugar: Onboard Mobility – aplicativo mobile que integra os pagamentos dos diferentes prestadoras de transporte público urbano.

2º lugar: BX Blue – plataforma para contratação de empréstimos consignados.

3º lugar: Pay Key – aplicativo para transferência de dinheiro por meio do WhatsApp e qualquer outro app que use um teclado.

Banco de Formaturas – auxilia na arrecadação e transparência para festas de formaturas.

Cred.fit – marketplace para financiamento de carros usados.

Kavod Lending – plataforma de peer-to-peer lending.

Vérios

Saiba como fazer parte desse ecossistema

Para fazer parte do ecossistema global de fintechs, você pode cadastrar sua startup na MEDICI e na StartSe Base.

A MEDICI é uma base de dados que conta hoje com 7.000 empresas de todo o mundo. Ela pertence à Let’s Talk Payments (LTP), empresa global de conteúdo e pesquisas sobre fintechs.

A StartSe Base é a maior base de dados de startups do Brasil, com mais de 5.000 empresas cadastradas.

Sobre a Let’s Talk Payments (LTP)

LTP é a principal plataforma de conteúdo e pesquisas sobre fintechs no mundo. Mais de 400 instituições financeiras e 90 programas de inovação recorrem à LTP para obter informações sobre as empresas que estão disruptindo o setor financeiro.

Mariana Rodrigues é colaboradora regular da LTP, focada no mercado de fintechs do Brasil. Ela é COO da SGC Conteúdo. Para acompanhar o conteúdo produzido pela LTP no Brasil e no mundo, cadastre-se na newsletter.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

 

Compartilhe:
Classifique: