Uber e Lyft pioram o trânsito, apontam pesquisas de cidades americanas

Apesar de apontamento polêmico, empresas mantêm posição que carros compartilhados reduzem a quantidade de carros próprios nas cidades

Elena Costa é repórter da StartSe.

28 de fevereiro de 2018

Pesquisa em diversas cidades americanas mostraram que o Uber e a Lyft aumentaram o trânsito nas regiões em vez de diminuí-lo. Além disso, estudo da Universidade da Califórnia aponta que americanos optariam por outras formas de locomoção caso os serviços não estivessem disponíveis.

Boston, Manhattan e São Francisco são algumas das cidades que apresentaram altos números de congestionamento. Sendo que São Francisco, segundo o Chicago Tribune, mostrou que as 170 mil corridas que ocorrem por dia estão concentradas em locais que já apresentam grande trânsito e Manhattan, pela empresa Schaller Consulting, apontou que o aumento de táxis e carros para apps elevaram o trânsito na cidade.

Vale ressaltar que apesar das percepções de maior congestionamento, o Uber e a Lyft mantêm as suas posições sobre que os carros compartilhados reduzem a quantidade de carros próprios nas cidades. “A Lyft está focada em fazer da propriedade sobre um automóvel algo opcional, fazendo com que mais pessoas compartilhem suas viagens”, disse o porta-voz Adrian Durbin.

Já o Uber ressalta que o seu objetivo ao longo prazo é encerrar com a dependência sobre veículos pessoais e permitir uma mistura de transporte público e serviços como o oferecido pela empresa.

Vale lembrar que o Uber acabou de lançar a sua opção Express Pool e que segundo o professor de ciência da computação da Universidade Northeastern de Boston, que estudou sobre a prática de aumento de preços do Uber em horários de alta demanda, Christo Wilson, a ação irá ser “bom para o congestionamento caso as taxas de ocupação dos veículos cresçam, mas por outro lado, as viagens por Uber Pool e possivelmente pelo Express são realmente baratas, então é quase certo que retirarão as pessoas dos transportes públicos”.

Ele ainda completa dizendo que o consenso crescente é que o compartilhamento de veículos tem aumentado o trânsito, reforçando o que as pesquisas dizem sobre os aplicativos.

Aplicativos como o Uber e a Lyft estão modificando a mobilidade urbana e chamando a atenção das autoridades de trânsito ao redor do mundo. Além delas, Inteligência artificial, Blockchain, Robótica, Big Data, Machine Learning, Realidade Virtual, IoT e muitas outras tecnologias estarão cada vez mais presentes no dia a dia dos advogados e servidores da Justiça. Conheça essas e outras inovações que farão a diferença no LawTech Conference!

(Via Época Negócios)

Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em patrocinar eventos da StartSe, envie um e-mail para patrocinio@startse.com.br

Receba as novidades mais quentes da Tecnologia no mundo em seu e-mail.

 

 

 

 

Compartilhe:
Classifique: