“Nos próximos 10 anos, a compra e venda de carros usados continuará a crescer”

O empreendedor afirma que por ter contato direto com o cliente final, tanto compradores quanto vendedores, o carro no Brasil ainda tem grande importância.

Isabela Borrelli é repórter do Portal StartSe

10 de julho de 2018

Carros elétricos, autônomos, fim dos estacionamentos e da cidade como conhecemos hoje. Essa é a imagem que muitos têm dos impactos que o futuro da mobilidade poderá trazer. No entanto, para Maurício Feldman, cofundador e CEO da Volanty, esse cenário ainda demorará para ser uma realidade – ainda mais no Brasil.

“As pessoas tendem a achar que carro é coisa do passado. Mas, ao mesmo tempo em que muita gente usa Uber e 99, […] esse ano mais de 14 milhões de carros usados serão vendidos no Brasil e há três ou quatro anos esse número era 10 milhões”, defende. Para ele, não só o mercado está em alta, mas continuará a crescer: “Nos próximos 10 anos, a compra e venda de carros usados continuará a crescer, o mercado é gigante e movimenta uma média de R$ 400 bilhões por ano no Brasil”.

O motivo para isso acontecer é que o público ainda vê muito valor em possuir um carro. O empreendedor afirma que por ter contato direto com o cliente final, tanto compradores quanto vendedores, o carro no Brasil ainda tem grande importância. “Carro no brasil ainda é status, ainda é a compra mais importante que a família faz na vida. Mas não só por status, mas também por facilitar a vida da família”, revela.

Feldman acredita tanto no mercado que em 2016 criou a Volanty, um marketplace que procura simplificar e tornar mais conveniente a compra e venda de carros usados. Atualmente com dois centros de atendimento no Rio de Janeiro, a startup planeja expandir os serviços para São Paulo e, no ano que vem, chegar a 15 postos no total.

Ao mesmo tempo em que o mercado de carros usados atualmente possa ser um bom negócio, é importante manter um olho no que está por vir, como os carros autônomos. “Com os carros autônomos, ao invés de pessoas serem donas dos carros, grandes empresas serão, seja Uber, ou outras. Mal ou bem, esses carros serão comercializados entre essas empresas e a Volanty estará lá para suprir essa necessidade”, afirma.

Quer saber mais sobre o futuro da mobilidade no Brasil e no mundo? Venha para o Mobility Day: evento criado pela StartSe em parceria com a EasyMuv. Maurício Feldman e diversos experts do setor palestrarão sobre o que podemos esperar para o setor. Não perca!

Baixe já o aplicativo da StartSe
App StorePlay Store


Tags
Compartilhe:
Classifique: