Startup traz saúde e seguros mais acessíveis com mensalidade de R$ 29,90

Com a assinatura, a Avus Card oferece acesso a rede credenciada de médicos e odontologistas que oferecem consultas com desconto

Tainá é repórter da StartSe

5 de fevereiro de 2018

A saúde no Brasil ainda é um recurso pouco acessível para muitos (devido ao preço ou as filas de espera no serviço público) e, buscando formas de resolver esse problema, as startups de saúde – healthtechs – trazem soluções para o setor.

Com o intuito de diminuir a barreira entre os serviços de saúde e os cidadãos, a healthtech Avus Card oferece acesso a uma rede credenciada de médicos e dentistas com descontos nas consultas. Para ter acesso às consultas com desconto, é necessário pagar o pacote de R$ 29,90, que é válido para cinco pessoas. O titular do serviço também possui seguro de vida e invalidez permanente, além da assistência funerária.

“O mercado de saúde é inacessível para pessoas de baixa renda, que dependem 100% do SUS ou de pagar uma consulta particular. Quando chega o dia da consulta, no SUS ou em clinicas populares, as pessoas esperam 4, 5 horas e são atendidas em apenas 5 minutos”, disse um dos fundadores da Avus Card, Diego Cerqueira Lima.

Receba as novidades mais quentes da Tecnologia no mundo em seu e-mail.

Por necessitar de um serviço em larga escala, a Avus Card realiza acordos com redes credenciadas de médicos. Os médicos trazem consultas com preços mais baixos, pois estas são agendadas em horários ociosos. As consultas estão em torno de R$ 35 a R$ 50, pagas diretamente ao médico.

O modelo de negócios da healthtech funciona a partir das mensalidades, que oferece em troca dos seguros e descontos. E, além de consultas médicas, a Avus ainda possui a oferta de consultas odontológicas e exames. “Nós podemos montar planos específicos e moldar nosso produto para determinados mercados, incluindo até seguro de veículos, por exemplo”, comentou Diego Cerqueira Lima.

Atualmente, as consultas são agendadas por telefone, mas em breve poderão ser agendadas diretamente pelo site e aplicativo. A Avus oferece acesso apenas à saúde primária, não trazendo serviços de internação ou carência como nos planos de saúde. “Não temos a necessidade de nos comparar com um plano de saúde. A Avus navega entre o SUS e os planos de saúde, mas difere dos dois”, comentou o fundador da startup. Isso porque, além da mensalidade, os clientes pagam o serviço de acordo com a própria demanda.

No serviço da startup também não há diferenciação na mensalidade por conta da idade ou restrição à doença pré-existente. “Temos a missão de democratizar o acesso à saúde, torná-la mais real na vida das pessoas e deixar a ida ao médico algo mais agradável”, afirmou Diego Cerqueira Lima. Depois que as consultas são realizadas, a Avus conversa com os clientes para receber o feedback de como foi o atendimento.

Healthtech + Fintech

As fintechs são as startups do mercado financeiro. O nome da healthtech é Avus Card e seu sobrenome já sugere que há um cartão na equação. “Por enquanto, o cartão é só de identificação, mas queremos colocar um microcrédito no cartão para ser gasto na nossa rede credenciada”, afirmou Diego Cerqueira Lima, um dos sócios da startup junto à Lucas Tavares. A novidade deve estar disponível até maio deste ano.

O cartão com créditos para ser gasto na rede credenciada poderá ser uma opção a ser adotada pelas empresas, como uma forma de prover o acesso a saúde para seus colaboradores, como um benefício convencional.

Durante a trajetória, a startup não recebeu nenhum tipo de investimento, e pretende recebê-lo para fortalecer um plano de expansão ainda mais agressivo no país. “A nossa demanda é bem forte. Se uma cidade precisa do produto, nós vamos até lá, montamos a rede credenciada na cidade e está pronto”. A startup hoje está presente em Porto Alegre, onde foi criada, e deverá estar em mais 10 capitais do país até o final de 2018.

A Avus Card é um exemplo de startup que traz soluções à saúde. Cada vez mais, o setor é influenciado por novas tecnologias. Para conhecer as mudanças que estão por vir e como empresas e startups estão inovando na saúde, participe da HealthTech Conference, em São Paulo.

Compartilhe:
Classifique: