Cura do câncer? Nanopartículas podem queimar APENAS células cancerígenas

Pesquisadores criaram nanopartícula auto reguladora que reduz a temperatura antes de queimar as células saudáveis

câncer

Tainá é repórter da StartSe

30 de outubro de 2017

Pesquisadores criaram uma nanopartícula capaz de se aquecer e matar células cancerígenas sem agredir células saudáveis. A nova tecnologia pode aproximar a cura do câncer. Os cientistas são da University of Surrey da Inglaterra, e da Universidade de Tecnologia Dalian, na China.

A nanopartícula é feita de zinco, cobalto e crômio e é auto reguladora. A auto regulação permite que o calor chegue de 42°C à 45°C. Dentro dessa temperatura, células de tumores podem ser enfraquecidas ou mortas sem afetar os tecidos. Quando os 45°C são alcançados, a temperatura começa a ser reduzida automaticamente.

“Hipertermia magnética é uma técnica tradicional de tratar tumores malignos, mas a dificuldade no controle da temperatura restringe significantemente seu uso”, afirma o Dr. Wei Zhang, professor associado da universidade chinesa. A nanopartícula ultrapassa esse empecilho.

“Essa técnica pode revolucionar a maneira como tratamos as pessoas que têm câncer. Se conseguirmos manter o tratamento em uma temperatura alta o bastante para matar células cancerígenas enquanto é baixa o suficiente para não agredir tecidos saudáveis, preveniremos os danos colaterais mais sérios do tratamento”, disse o professor Ravi Silva, Head do Instituto de Tecnologia Avançada da University of Surrey.

Os pesquisadores afirmaram no release informativo que as nanopartículas possuem baixa toxicidade e é pouco provável que causem dano permanente ao corpo humano.

Novas tecnologias que impactam nossa vida e revolucionam o mundo que conhecemos – como essa nanopartícula -, contribuem diretamente com a Nova Economia, que será abordada em um curso online por Mauricio Benvenutti, autor do bestseller Incansáveis. Confira.

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha em patrocinar os eventos da Startse, entre em contato no patrocinio@startse.com.

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: