Hyperloop: tecnologia vai cortar voo de 1 hora para viagem de 12 minutos

As duas cidades mais importantes dos Emirados Árabes Unidos são Dubai e Abu Dhabi. Uma viagem entre as duas demora 1 hora e 20 minutos de avião, mas poderá ser feita em 12 minutos em um futuro próximo. Isso por que a Bjarke Ingels Group vai construir um Hyperloop entre as cidades até 2020, que poderá mudar a forma que o transporte entra cidades será feito.

Esse é um projeto piloto para a tecnologia. O plano, porém, é extremamente ambicioso: cada “ponte aérea” do mundo pode ser substituída por uma coisa dessas. São Paulo-Rio de Janeiro, Lisboa-Porto, São Francisco-Los Angeles, Boston-Nova York. A quantidade de destinos que pode ser atendida por essa tecnologia, que tem Elon Musk como um de seus maiores evangelizadores, é enorme.

Cada passageiro entra em um pod autônomo, que leva para dentro do túnel. Elas se juntam dentro de um Hyperloop, que os leva para a outra cidade a mais de 1.100 km/h através de uma tecnologia de propulsão elétrica, que acelera o veículo dentro de um tubo onde a pressão do ar é muito baixa. Com isso, o veículo vai muito mais rápido que um avião.

A velocidade que o Hyperloop Dubai-Abu Dhabi é capaz de alcançar é o suficiente para fazer a viagem em apenas 12 minutos, enquanto uma viagem do Rio até São Paulo pode demorar cerca de 30 minutos nesta mesma velocidade. É sensacional o que a tecnologia vem fazendo e o que ela está mudando. É para isso que o StartsE promove de 15 em 15 dias o Conexão Vale do Silício, um programa para tratar de novas tecnologias e inovação. Você pode cadastrar-se para assistir o programa através deste link.

Depois da viagem terminada, cada pod leva o seu passageiro até o destino final, na outra cidade – podendo pegar mais passageiros para a viagem da volta. Como são necessários apenas 24 passageiros (4 pods de 6 pessoas) para uma viagem, o Hyperloop pode agir muito mais sob-demanda que um avião ou um trem, por exemplo, que precisa sair em um horário determinado. Tudo para o conforto do usuário.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

Receba o melhor do nosso conteúdo para te ajudar

Compartilhe:
Classifique: